Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 24 de julho de 2011

Oleo de coco extra virgem




Gordura que emagrece

O óleo do coco é considerado auxiliar no emagrecimento quando incluído no cardápio diário. Segundo os seus defensores, com o consumo é possível eliminar até 3 kg por semana
Eta, coco bom!
A fruta tem alto poder antioxidante Ccolabora na diminuição da produção de radicais livres, graças à ação da vitamina E.
Ele ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e promove a elevação do bom (HDL), contribuindo assim para a prevenção e o tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.
O coco melhora o sistema imunológico. Previne e age no combate a bactérias e fungos. Cconseqüentemente, facilita a absorção dos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo.
A gordura apresenta grande concentração de ácido láurico, o mesmo presente no leite materno.
Ele ajuda a regular a função intestinal, tanto nos casos de prisão de ventre como nos de diarréias. Ee ainda protege a flora amiga.

Estudos realizados há mais de 30 anos comprovaram que ela estimula a função da tireóide. O bom funcionamento dessa glândula faz com que o mau colesterol (LDL) produza hormônios necessários na prevenção de doenças e outros males crônicos.

Ele controla a compulsão por carboidratos, pois proporciona uma sensação de saciedade e não estimula a liberação de insulina. Dessa forma, diminui a compulsão por doces.

Uso e efeito
A melhora começa a aparecer após a segunda semana de consumo.

A recomendação é de 3 col. (sopa), distribuídas ao longo das refeições.

Ele pode também ser utilizado como tempero de saladas, misturado ao iogurte, em shakes, passado em torradas, etc. Se ocorrer diarréia, deve-se diminuir a dose.
A substância pode ser tomada pura ou misturada aos alimentos ou em substituição a outros óleos, que perdem as características quando submetidos ao calor. "O óleo de coco é muito resistente à alta temperatura e não elimina suas propriedades quando aquecido".

Na hora da compra, fique atenta! O óleo não deve ser submetido a processo de refinação. Quando refinados, perdem seus antioxidantes e alguns ainda são hidrogenados, transformando-se nas gorduras trans, estas, sim, muito nocivas à saúde.

O óleo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e orgânicos.



Fonte:
Revista Corpo a Corpo
Por Françoise Gregório

Eis um fruto bem aproveitado: as fibras de sua camada externa são muito valorizadas para a confecção de peças decorativas. Já a sua polpa permite a preparação de uma infinidade de pratos doces e salgados. E tem mais: a água contida em seu interior é rica em minerais e considerada um isotônico natural. Como se não bastasse, desse alimento também é extraída uma substância que, cada vez mais, ganha a simpatia de quem busca saúde e um corpo enxuto.







Postar um comentário